Pessoas

PARA QUEM

  • Pessoas que sofrem e que desejam viver sem as dores de seus padrões sócio-relacionais;
  • Pessoas que sentem curiosidade e que desejam refletir sobre seus critérios e possibilidades de ação;

TÉCNICAS GERAIS

  • Reconstrução das narrativas que sustentam as explicações íntimas de sofrimento ou curiosidade. Muitas vezes estas narrativas remontam às matrizes relacionais em conexões tão evidentes que escapam à percepção dos próprios sujeitos.
  • Construção de hipóteses positivas nos diversos futuros possíveis a serem distinguidos pelo sujeito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s