Pertencendo a um sistema

 

Se perceber em um sistema pode ser uma experiência transformadora. Tem a ver com perceber o outro e ter acesso à percepção que ele tem sobre o sistema. Podemos nos ver no sistema. Podemos ver o outro vendo o sistema. Podemos ver o outro nos vendo. Podemos nos ver vendo o outro.

O sistema nos responde quando perguntamos, por que construímos uma resposta à pergunta que fizemos. Toda pergunta que fazemos sobre o sistema traz uma resposta. A pergunta é uma construção de mundo. Na pergunta está o sujeito e sua percepção do que existe e merece ser investigado. Na pergunta pode estar aquilo que o sujeito quer comprovar por acreditar que é verdade, de um modo ou de outro.

Para os indivíduos de um sistema perceberem o sistema é preciso surgir uma oportunidade para que as expressões, as falas, as perguntas e declarações sobre o sistema se manifestem. Tudo que é imanifesto conserva, tudo que é declarado pode ser transformador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s